RSS

Arquivo mensal: outubro 2009

ACREDITAR NO AMOR

Sou o que mais desejas
HerLânder Lobão

Sou livre, forte e rebelde, entro apenas onde eu quero
e não onde querem que eu entre.
Não peço licença alguma e não existe vez nenhuma,
que entrei contrariado, sou martírio para muitos que
pensam para me conseguir mas, eu não sou um
pensamento, esse nem adianta insistir, sou mais livre
que o vento e só eu dito o momento, a minha morada
é o sentir.
Se me queres verdadeiro e que te faça voar,
põe de lado primeiro, o que chamas de pensar,
não venho porque tu pensas mas, ao chegar
eu desperto o teu pensar e, não adianta pensares o
contrário de mim, se me queres pleno, aguarda que eu
chegue a ti e usa o meu sentir em benefício do que
sentes mas não penses pensar em me contrariar,
pois se o fizeres estás apenas a sufocar-te a ti mesmo
e os meus poros verterão a enzima da tristeza
por todo o teu corpo.
Se me aceitares usa o teu pensamento para te aliares
ao que te faço sentir, canaliza-o para a direcção que eu
te ordenei e aí sim, pensa bastante na melhor maneira
possível para compensares quem a partir do momento
que em ti entrei, escolhi para ser a tua luz, se assim não
for aos poucos vou diminuindo essa luz e sem te
aperceberes um dia ela se extingue e tu vais sofrer até
ao dia que eu para não te ver sofrer mais, mato-me em ti
já que tu não me podes matar.
Se tudo fizeres para me receber e regar,
prometo-te mil e uma maravilhas, desde voar, sorrir,
sonhar acordado num imenso céu de felicidade e,
com o garante que te darei todas as forças necessárias
para ultrapassares qualquer barreira que a vida te coloque
ou que te queiram impor.
Termino pedindo-te desculpa por não me ter apresentado
no início da minha conversa… Eu chamo-me Amor.

 
 
 
 
 
Deixe um comentário

Publicado por em outubro 7, 2009 em POEMA